[ESPANHA] NOELIA COTELO RIVEIRO EM GREVE DE FOME DESDE 10 DE NOVEMBRO

Recebido no email:

noelia1

jEm 12 de novembro, Noelia Cotelo Riveiro iniciou uma greve de fome em protesto porque não lhe entregam seus pertences que ficaram no cárcere de Brieva quando foi transladada ao de Topas onde se encontra agora. Pedem-lhe 300 euros pelo transporte quando deveriam ter viajado com ela na condução.
Esse mesmo dia sofreu maus-tratos nas mãos dos carcereiros de Topas. Um carcereiro abriu a porta de sua cela enquanto estava urinando e iniciaram uma discussão. O carcereiro saiu e voltou com outros quatro, todos munidos de porretes e luvas. Começaram a golpear Noelia que ficou com o lábio
partido, o ouvido esquerdo lesionado e hematomas por todo o corpo. Enquanto a levavam a enfermaria, voltaram a agredi-la. Ao voltar à cela onde fica enclausurada, haviam desaparecido as poucas coisas pessoais que lhe restaram. Noelia continua em greve de fome, isolada à mercê das feridas, em regime FIES 1, o mais duro de todos. Necessita apoio.
Para escrever-lhe:
Noelia Cotelo Riveriro
Centro Penitenciário de Topas
Ctra. N-630 Km. 313,4
37799 Topas – Salamanca
Espanha

This entry was posted in Espanha, Guerra Social, presxs. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *