[POA] Ações pelxs nossxs mortxs

Recebido ao email:

12

Nestes tempos, em que se entoa o canto de guerra e morte e os mortos visitam os vivos, nossxs compas -que não descansam em paz, mas seguem em pé de guerra- se fazem presentes.
Numa avenida , com carros indo e vindo e bons cidadãos na rotina de sempre, uns encapuzadxs quebramos a normalidade com uma barricada de fogo. Acompanhando esse gesto, em outro ponto da cidade, outrxs encapuzadxs colamos um lambe gigante. A través destas ações  a memória do Punki Mauri e do Pelao Angry mostra sua combatividade atual e prática. Além de ser um abraço para elxs, fazer uma barricada, colar uma cartaz e conspirar juntxs ataques materiais à alvos físicos específicos,  nutrindo  a palavra com a ação, é fazer com que nossxs compas sigam caminhando ao nosso lado.
Recentemente, a lei anti-terrorismo foi aprovada assim como uma lei que autoriza os gambés  à invadirem qualquer casa sem nenhuma ordem judicial… Com todas essas políticas do terror, o estado busca nos pacificar amedrontando-nos… sabemos muito bem que a única resposta que podemos dar frente a esse contexto é a ofensiva através do ataque…
Porque esta noite, e cada dia, xs rebeldes estamos juntxs em nossos corações e nossas ações.
Que estas mensagens acendam mais chamas de revolta …
4

This entry was posted in Guerra Social, Mauricio Morales, Memoria Combativa, Porto Alegre, Sebastian Oversluij Seguel. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *