[Espanha] A melhor arma contra a repressão: a ação direta

Retirado de ContraInfo

actua-e1446896646198

Companheirxs:

Há aproximadamente dois anos que temos vindo a ver como o estado e as suas forças repressivas estão a atacar mais do que nunca o movimento anarquista, muitxs dxs nossxs companheirxs estão a ser detidxs e encarceradxs, petições do ministério público de anos de prisão e campanhas mediáticas contra as nossas lutas e espaços com um único objetivo: fazer desaparecer as ideias anarquistas, conseguir a base de repressão, violência, medo e cadeia até que toda a dissidência seja eliminada.

Nos últimos anos temo-nos acostumado (mal) a subsistir unicamente como cenário, a maior parte do movimento anarquista tem-se dedicado a manter a fachada, a manter no escaparate social uma série de actividades e práticas (que não implicam muito sacrifício) fazendo parecer à sociedade que existia uma dissidência e uma luta contra o estado capitalista mas que só nalguns casos se materializava como algo real.

Nos últimos anos, entretanto, como parte de um processo que começou com a transição, ter-se-á produzido uma absorção por parte do estado democrático e capitalista da maior parte das lutas que se consideravam revolucionárias, depois de as terem pacificado, transformado e envenenado, convertidas através dos seus cúmplices democráticos de “esquerda” e movimentos cívicos e cidadãos.

Agora o Estado declarou a guerra, pública e mediática, aos anarquistas,  converteu-a no seu objectivo principal; não podemos ficar parados ou limitarmos-nos a sacar comunicados e fazer manifestações “passeios” enquanto nos afogam em julgamentos e prisões, enquanto nos perseguem e nos dão caça.

Fazemos uma chamada de solidariedade ativa com xs companheirxs processadxs, para que se recupere as tácticas que temos enterradas há tanto tempo, para que se volte a usar a ação direta como a nossa melhor ferramenta de solidariedade.

Contemos pelas paredes que ainda existe a solidariedade que os jornais costumam ocultar, façamos boicote e sabotagem contra os bancos que condenaram xs nossxs companheirxs, informemos nos nossas bairros o que conta a nossa comunicação, usemos a nossa imaginação para apontar os nossos verdugos e inimigos, dando uma volta a esta apatia que nos vinha a perseguir, porque depois da calma segue-se sempre a tempestade, porque sabemos que a luta é o único caminho.

Solidariedade com xs anarquistas presxs, que se amplie a revolta, que a luz do fogo alumie o caminho nas noites mais escuras.

MORTE AO ESTADO E VIVA A ANARQUIA!

CONTRA A SUA REPRESSÃO A NOSSA SOLIDARIEDADE

CONTRA A SUA VIOLÊNCIA A NOSSA AÇÃO DIRETA

CONTRA AS LEIS DELES A NOSSA IMAGINAÇÃO

ATUA!!!

This entry was posted in Espanha, Guerra Social, presxs, Solidariedade. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *