[Fortaleza] Relato do evento Kactus Tatoo

Recebido no email:

ERA

Nos días 9, 10 e 11 de Julho 2015 rolou aqui em Fortaleza o primeiro Kaktus tattoo, encontro de tatuagem, piercing e anti-arte marginal.

Supero a espectativa total, foram tres dias bem intensos. Mesmo com tudo o proceso de stress que taba sendo vivido perante as dificuldades da organizacao, duranto o evento foi superado.
A gente fez a parada acontecer, todo mundo chegando junto.
Galera com interas pra investir, tatuadorxs de fora tambem, galera de natal, de campina grande.
Galera nómade ahí tambem no rolé, galera de bike chego ahi pro evento dando maior forca tambem. Galera de ciclovida tambem chego ahí, os manos das bandas ahí tambem.
Foi um dos melhores eventos que a gente organizo, depois de muito tempo. Muita correria.
Conseguimos realizar todo que taba na mente.
A Gig foi maravilhosa.
Rolou oficina de bioseguranca que foi legal pa galera que ta se envolvendo com a tattoo.
Teve palco aberto com muito malavares, trocas de ideias e música.
A gente junto dinhero atrevez de mangueios coletivos e individuais pros rangos, almoco e tal, pra galera involvida no evento.
Galera na cozinha com altos rangos baratinho vegano, uns goro masa rolando ahi. O Gengibre e os tiragosto foram um sucesso.
Rolou uma banquinha de materiais FVM com monte de fanzine, cds, botoms, cadernos, camisas. Rolou expo de fotos e anti-arte marginal.
É bom que a ideia já fica pra acontecer de novo, ja seja aqui ou em outros cantos, instigar pra continuar movimentando.

O evento trouxe uma positividade que foi recadar uma grana legal pra ir em solidariedade, mas tambem por se trombar a gente, ne. Por chegar junto e vivenciar o rolé ahi, se encontrar se conchecer.

Solidariedade nao é so pro espaco e pra ciclovida, mas entre nós todos né, todo mundo chegar junto numa parada e se envolver, se ajudar uns axs outrxs, se dar forca.
Foram 3 dias de uma vivencia bem anarquica bem masa. Tomara que isto aqui serva pra que galera que esteve aqui compartilhando com nos se instigue em continuar fazendo encontros de todo tipo, como este de tattoo em solidariedade, assim como nos se garantíu na tora pra galera ver que é so ter vontade e apoio mutuo pra fazer acontecer. Vai que dá certo. Tomara a gente posa fazer no outro ano ahi o bagulho acontecer de novo. Foi muito corrdio foi muita doidera, mas veio muita gente de muitos lugares, e deu uma energia assim como de encontro ta ligado, foi bem doidera. Quem sabe no proximo a gente posa explorar isso melhor ne, trocar mas ideia, ter mas vivencia coletiva assim. Fica aberto ahí. Tem varias ideias e coisas pra ser faladas ainda, varias ideias a ser trocadas e refletidas no meio anarkopunk.

Nanasmú guatassara!

This entry was posted in Eventos, Guerra Social, Solidariedade. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *