“Gaveta de Ferramentas” um manual de sabotagem

Recebimos no email:

Como sabotar máquinas

Na indústria da construção há diferentes máquinas chave para a urbanização, mas as que irei pôr aqui são apenas três: a escavadora, a retro-escavadora e a moto-niveladora.

O trabalho que tem a escavadora (a), como indica logicamente o seu nome, escava superfícies de terra e arranca árvores desde a raiz com o seu braço mecânico, as suas rodas de metal esmagam e destroem quase tudo por onde passam.

a

A retro-escavadora (b) tem várias funções, escava buracos na terra com o braço, levanta detritos e passa a maioria dos obstáculos com os seus pneus enormes.

b

A motoniveladora (c), cumpre a função de arrastar a terra com a sua tesoura que se encontra debaixo e em frente da cabina do condutor, acomoda a terra para que depois se lhe deite cal, água e para que depois uma niveladora passe e deixe o piso completamente deslizante.

c-1024x590

Estas três máquinas funcionam com diesel que é um combustível menos caro que a gasolina, mas que se acendido pega mais, e é mais difícil de apagar do que a gasolina.

Uma das primeiras coisas que deves fazer ao chegar a uma máquina destas (na minha opinião) é roubar-lhe o diesel, por meio de uma mangueira e um garrafão; mas primeiro que tudo deves localizar o tanque, na (a) que se encontra do lado direito do braço mecânico, subindo por umas escadinhas ao lado da cabina do operador- algumas máquinas têm cadeados nos tanques – mas com um alicate (tesoura)  é fácil obter o que procuras. Deves abrir o tampão de metal do tanque pressionando-o até que gire, metes a mangueira e de uma altura alta sugas e a tua garrafa ficará cheia do combustível da máquina em alguns segundos (estas máquinas chegam a albergar mais de 150 litros de combustível).

No (b) o tanque encontra-se ao lado do escape, à frente da cabina e na (c) encontra-se atrás da cabina do condutor, muitas vezes é fácil de encontrar porque tem legendas em inglês como “oil” ou desenhos (como o da imagem a) fazendo alusão de que ali se encontra o combustível vital para que a máquina se mova.

Como danificar?

Se queres só danificar a máquina – há muitas formas de o fazer – podes partir-lhe os vidros aos bocados para que tenham de comprar outros, pintá-la, partir as alavancas dentro da cabines, obstruir os pedais com pedras pesadas ou arrancá-los; selar as fechaduras, na máquina há diferentes fechaduras, a que se encontra na cabine (quase sempre à direita de umas alavancas pretas), sabotada esta fechadura vão demorar a ligá-la e vão perder tempo e consequentemente dinheiro pelo meio; também existem umas pequenas portas laterais retangulares, onde muitas vezes guardam ferramentas ou material de topografia, que também poderás expropriar antes de selar, mas talvez a fechadura mais importante é onde entra a chave da válvula de alimentação, sem esta a máquina fica inutilizada por completo, e encontra-se por cima da bateria ao lado do escape (procura na imagem).

Também podes tirar-lhe a vareta com que vêem se a máquina tem óleo (que se encontra no motor); partir os faróis; cortar os cabos que vão das baterias ao motor, também as podes roubar (mas pesa muito, tens que ter muita força!); cortar também todos os cabos e ferros que vejas que são alimentados pelo motor, aqui recomendamos-te que não só os cortes, mas que os partas em secções e leves as sobras, para que lhes seja mais difícil arranjá-la.

À (a) podes cortar-lhe os cabos que vão directamente ao braço mecânico, sem este braço a máquina é inútil.

À (b) podes-lhe cortar os cabos que vão ao pequeno braço e ao que recolhe os resíduos, para que fique inutilizável.

À (c) podes cortar os cabos que vão à tesoura, estes são os pontos-chave para que estas máquinas detenham o seu trabalho de destruir a terra, apenas por umas semanas ou dias se apressarem-se (Os círculos indicam a sua localização).

circulos-localizacion-1

Por outro lado também podes utilizar o fogo, podes pôr um dispositivo incendiário de cerca de 5 litros, abaixo para um lado de um dos pneus da (b) e (c) – da (a) não, pois não utiliza este tipo de pneus – se tiveres sorte e o pneu se queimar, estás a causar um dano estimado em 5000 pesos [510 euros], pois isso é o que vale nova, utiliza a tua imaginação e criatividade e pensa em quanto dinheiro gastariam se fossem queimados os 4 pneus da (b) e os 8 da (c). Se quiseres também podes tirar um dos pneus com uma chave inglesa de 1 15/16, é preciso muito esforço, mas imagina as suas caras quando chegarem para trabalhar e se derem conta que lhes roubaram uma jante inteira.

llantas-583x1024

Também podes deixar em cinzas a cabina, a melhor maneira de o fazer é pulverizando gasolina dentro dela e pegando-lhe fogo, para que tudo dentro se queime, alavancas, pedais, assento, volante, etc.; podes também deixar um engenho incendiário, o que faria com que se queimasse o assento e os vidros ficassem negros pelo fumo. Utiliza a tua imaginação e arma uma infinidade de sabotagens a estas máquinas.

Como destruir?

Mas se o que tu procuras não é apenas causar estragos incómodos mas sim atacar em força e eliminar para sempre estas máquinas, recomendamos-te que ponhas um engenho incendiário com mais de 10 litros de combustível sobre o motor da máquina – o motor está visível na (b) e (c), na (a) deves subir pelas escadinhas e atrás da cabina abrir uma portinhola que só funciona para cima e onde se encontra o motor, isto depende se a máquina é das antigas ou das novas – e se isto não te parece suficiente, podes também deixar um pequeno engenho em cima do tanque de combustível (aberto logicamente), o qual irá explodir quando o fogo entrar, mas se queres ainda mais destruição, recomendamos-te deixar também outros engenhos incendiários nos pneus e espalhar mais na cabina, as explosões tanto do motor como dos pneus são ensurdecedoras, por isso mantém-te longe para que não fiques ferido.

Seguramente terão de comprar uma máquina destas nova, a qual tem um preço avaliado em 2 milhões de pesos [102 000 euros] e se a maquinaria era alugada irá sair-lhes ainda mais caro, pois terão de pagar cerca de 35 mil pesos [3570 euros] de aluguer, para além de terem de comprar uma máquina nova à agência de aluguer de maquinaria pesada, isto é um gasto excessivo para estas pessoas, as quais terão de abandonar seguramente o projecto por se verem na bancarrota e terás salvado a terra, árvores, ecossistemas inteiros, além disso o que ia construir já não se verá, seja um novo centro comercial, uma prisão, etc.

llavevarilla

A imaginação e a criatividade dos eco defensores não tem limites!

Texto retirado do artigo “Gaveta de ferramentas” da extinta revista Acción Nº6 de Janeiro de 2010 via El Tlatol

 

This entry was posted in Manual. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *