Alfredo Maria Bonanno é proibido de entrar no Chile

Recebido no email:

bonano

Na noite desta sexta-feira (14 de dezembro), a Polícia de Investigações chilena proibiu a entrada e expulsou do país Alfredo Maria Bonanno, italiano de 76 anos considerado um histórico mentor da teoria e prática anarquista insurrecional. Nos últimos dias, Bonanno participou de distintas conversas sociais no Uruguai e na Argentina, o mesmo objetivo que o levou ao Chile na sexta-feira, no entanto, as autoridades proibiram a sua passagem no aeroporto de Santiago, alegando que ele “tinha condenações, principalmente por assaltos [expropriações] na Itália e Grécia”. Bonanno iria participar de um fórum intitulado “Perspectivas sobre a luta anarquista insurrecional e guerra social”, em Valparaiso. Também estava programada sua participação num ato de apoio e solidariedade a Mônica Caballero e Francisco Solar, anarquistas chilenos presos na Espanha por suposto envolvimento na colocação de um artefato explosivo na Basílica del Pilar de Zaragoza.

This entry was posted in caso bombas, Chile, Eventos, Memoria Combativa, Solidariedade. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *