[POA] Memória Kombativa. Barricada Solidaria 22 de maio

Mandado ao email:

Nossxs mortxs são chamas de rebeldia que não se apagam, que seguem ardendo em nossos corações insurretos e incendiando esse mundo de prisões que mantém nossas mentes inquietas e impulsionam nossos corpos à ofensiva. Fogo de vida que dentro de cada unx de nós se converte em coragem para romper com a paralise do medo e arrancar das mãos dos que dominam o monopólio da violência. Nossa memória negra mantém vivxs todxs que caíram em combate contra à dominação. se fazem presentes em cada ação de confrontação da ordem e das autoridades em cada ato de rebeldia. Nesta guerra a única derrota possível è deixar de lutar, nem o seqüestro e nem a morte jamais representaram a vitoria do inimigo.

Na fria madrugada do 22 de maio saímos as ruas dispostos a travar mesmo que temporariamente uma das engrenagens desse mundo capitalista que necessita estar sempre em constante movimento. No aconchego da escuridão e sob a fortaleza do anonimato nos encontramos para lembrar axs nossxs presxs e mortxs nessa guerra social, especialmente a Mauricio Morales,
companheiro anarquista que ha oito anos caia em combate em território chileno. Quando se aproximava o amanhecer armamos e ateamos fogo a uma barricada cortando o trafego na BR 116 sentido interior capital, rodovia federal e principal ligação entre a capital e a região dos vales, no trecho de cruzamento com a RS 235, entre as cidades de Novo Hamburgo e Estância Velha. Deixamos duas faixas no mesmo trajeto e lembramos a Mauri deixando claro que o próprio se fez presente.

Pela propagação do conflito e a expansão do kaos.
liberdade a todxs xs presxs!

Punky Mauri Presente!
Ke viva a anarkia!

Nas Faixas se le: Que o fogo da solidariedade sega incendiando esse mundo de prisões. Mauricio Morales Presente.

Memoria combativa. Morte ao estado e ao capital. Mauri Vive

This entry was posted in Guerra Social, Mauricio Morales, Memoria Combativa, Porto Alegre. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *