[Viña del Mar, Valparaíso] Corte de estrada com barricadas em memória de Matías Catrileo

Retirado de ContraInfo:

Bem cedo, na manhã deste 3 de Janeiro, cortamos a rota via las palmas com o propósito de recordar o nosso peñi [em mapuche, peñi significa irmão de um lutador] Matías Catrileo, assassinado cobardemente pelas costas por funcionários dos carabineiros – ação que foi encoberta pelo estado do $hile da mesma forma que todos as outras cometidas contra a resistência mapuche.

Não esquecemos aqueles irmãos e irmãs mapuches que se foram desta vida física; Alex Lemunao Saavedra, Johnny Cariqueo Yañez, Rodrigo Melinao Lincan, Jose Huenante Huenante, entre muitos outros, assim como também não esquecemos xs lutadorxs não mapuches, caídos às mãos dos cães a mando do poder e do capital. Não resta dúvida que continuarão na memória de todxs xs que lutamos pela libertação da terra.

Recordamos que há um mês a polícia atingiu nas costas um jovem mapuche com 17 anos apenas – com chumbo grosso, deixando-o com ferimentos graves nas costas e uma fratura – tendo aquele de ser hospitalizado; uma semana depois de Hernan Paredes Puen e Yocelyn Yevilao Maril também foram atingidos com mais de 130 chumbos no momento da sua detenção. Todos estes fatos dão-nos um vislumbre do estado de guerra que vivem os peñis e lamienes por defender o seu território.

A isto há que somar o sequestro, pela 4ª vez, da Machi Francisca Linoconao, que atualmente se encontra em greve de fome, há já 12 dias, mais 5 pênis que também aderiram à greve.

Concluíndo, este ato simbólico é uma advertência aos poderosos e sequazes – de que a guerra que o povo mapuche está a levar a cabo contra o estado chileno também se está a preparar de norte a sul. Aproveitem para dormir tranquilos agora porque a qualquer momento a luta estalará e pela via insurrecional iremos atrás dos seus pescoços

A partir da V região, mandamos farta força da terra [newen, palavra mapuche] para xs nossxs irmãos e irmãs que resistem em cada um dos territórios.

FIM DA MILITARIZAÇÃO NO TERRITÓRIO MAPUCHE
LIBERDADE IMEDIATA A TODXS XS PRESXS POLÍTICOS MAPUCHES E NÃO MAPUCHES
VIVEZA É DEFENDER A NATUREZA

This entry was posted in Guerra Social, Luta pela Terra, Memoria Combativa. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *