Grécia- Texto de prisioneirxs desde a Primeira Ala das prisões de Kordillos, para Mario Seisidis e Kostas Sakkas

índice

Recebido no email e traduzido por Cumplicidade:

Logo de ouvir sobre a detenção dxs companheirxs Mario Seisidis e Kostas Sakkas, não podes não sentir tristeza. Tristeza porque dois combatentes anarquistas tenham caído nas mãos das autoridades perseguidoras, um fato que agora lhes priva de qualquer tipo de liberdade que tenham disfrutado enquanto fugitivxs.

Uma tristeza que é sentida por qualquer um de nós, quem experimentamos este momento e toda sua privação violenta. Mario Seisidis, sindicado e também acusado no caso dxs “ladrões de preto”- agora demostrado como um caso fabricado pelo Estado-, por 10 anos, escolheu viver na clandestinade, se recusando a se render e por sua liberdade como garantia nas mãos dxs seus perseguidores.

Kostas Sakkas, depois de ser acusadxs como membro da C.C.F com evidencia inexistente, foi presx e logo libertadx depois de uma greve de fome sob condições de fiança, as quais violou escolhendo viver como ele mesmo determinaria e não com as limitações impostas sobre ele.

O trato vingativo por parte dxs policiais nos enche de raiva e nos lembra que a resposta a opressão não pode ser outra que a intensificação da luta contra aquelxs que nos privam da liberdade que tanto amamos.

Nossos pensamentos estão com elxs e expressamos nossa solidariedade unida.

Fora suas mãos dxs nossxs companheirxs!

Força para Mario e Kostas

Iniciativa dxs prisioneirxs da Primeira Ala das Prisões de Koridallos.

This entry was posted in grecia, Guerra Social, presxs, Solidariedade. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *