[POLÔNIA] TRÊS CAMARADAS ANARQUISTAS PRESOS POR “ATAQUE A BOMBA” A UM CARRO DE POLÍCIA

Recebido no email:

support

Na noite entre o domingo dia 22 e a segunda dia 23 DE MAIO, três
camaradas foram detidos próximo ao estacionamento de carros da delegacia
do sul de Varsóvia. Os policiais afirmam ter achado um dispositivo
explosivo debaixo de uma viatura da polícia. Todos os três camaradas
foram detidos na delegacia e um camarada foi seriamente espancado. Os
camaradas se recusaram a cooperar e negaram todas as acusações de
“terrorismo” e de tentativa de bombardear a delegacia. Os camaradas
receberam ajuda da comunidade anarquista e de três okupas de Varsóvia
(Przychodnia, Syrena e Radykalne Ogrody Działkowe) e a eles foi prestada
representação legal.

No mesmo dia, a polícia invadiu e tentou expulsar a okupa Radykalne
Ogrody Działkowe, onde um dos camaradas presos vivia, em busca de
evidências. De acordo com o site _Reclaim The Fields_: “Os policiais
chegaram entre 4 e 5 horas da manhã. Eles invadiram a área da okupa
cortando cercas e derrubando o portão com uma empilhadeira. Seis
policiais disfarçados invadiram os quartos das pessoas. Um amigo acordou
e viu-se cercado por policiais questionando-o sobre sua identidade. Eles
começaram então a fazer buscar por todo a okupa.”

Todos os coletivos anarquistas de Varsóvia lançaram declarações dizendo
que rejeitam as acusações de terrorismo que foram feitas pela mídia
dominante e que estão solidários com os camaradas acusados. Fotos
humilhantes dos três camaradas com algemas e fazendo exames alcoólicos
foram publicadas na imprensa.

A comunidade anarquista de Varsóvia apontou o fato de que a reação da
mídia aos últimos eventos são uma tentativa de legitimar o novo ato
antiterrorista que está sendo discutido pelo governo polonês. Ela também
apontou que há cerca de duas semanas atrás um jovem chamado Igor foi
espancado até a morte numa delegacia na Breslávia e que o sistema legal
está protegendo os assassinos.

A Federação Anarquista de Poznań lançou uma declaração na qual destaca
fortemente que “_Nesses tempos em que o poder do Estado está mudando
rapidamente para um regime autoritário e que condições de Estado de
emergência são aplicadas cada vez mais severamente a cada dia, a
tentativa de tocar fogo em algumas viaturas é chamada de ‘terrorismo’ e
duas garrafas cheias de gasolina são chamadas de ‘bombas’. Isso não é
nada mais do que uma tentativa de distrair o povo de incidentes óbvios
de brutalidade policial e abuso da lei_”. Os camaradas de Poznań
lembraram às pessoas da dramática morte do prisioneiro romeno Claudiu
Crulic, que morreu na prisão de Cracóvia depois de dois meses de greve
de fome.

Outra declaração veio de Łukasz Bukowski, nosso camarada anarquista
preso, que está atrás das grades porque se recusou a pagar multas
judiciais impostas a ele como um ato de vingança judicial devido à sua
atividade política ajudando famílias pobres a resistir a despejos em
Poznań.

Ele escreveu: “_Eu acabei de receber as noticiais sobre os três
camaradas detidos em Varsóvia, acusados do assim chamado ataque a bomba
a uma delegacia de polícia. Independentemente da validade das acusações,
nós devemos apoiá-los. Durante toda a história, a luta pela liberdade
sempre usou uma variedade de métodos e táticas para combater a opressão.
Mesmo se não apoiarmos táticas insurrecionarias, não podemos negar a
efetividade e força do apoio solidário. Sei disso porque eu mesmo
experienciei sua animadora força. A solidariedade é a nossa arma_”.

O coletivo Grecja w Ogniu presta solidariedade aos camaradas presos, que
foram forçosa e ilegalmente sequestrados pelo regime de Estado e
sofreram atos de terror físico e psicológico enquanto estavam detidos e
cujas vidas agora dependem de fantoches uniformizados do regime.

Nós publicaremos declarações separadas nos próximos dias.

Nós todos estamos convocando ações em solidariedade e apoio a todos os
três prisioneiros do Estado!

POLICIAIS BASTARDOS, NÓS LEMBRAREMOS DE CADA UM DE SEUS ATAQUES E
AGRESSÕES CONTRA NOSSOS CAMARADAS!

GUERRA ETERNA CONTRA OS BANCOS, POLICIAIS E PRISÕES!

Fonte: http://grecjawogniu.info/?p=28378

This entry was posted in Guerra Social, Polônia, presxs, Solidariedade. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *