[Chile] Sobre o julgamento da compa Natalia Collado

Retirado de ContraInfo:

quema-e1463360383548

Nas garras do inimigo, nenhum/a companheirx está sozinhx…

Um ônibus – como toda a engrenagem da civilização tecno-industrial, hetero-patriarcal, capitalista, sexista, antropocêntrica, especista, racista, etc. – é uma peça fundamental na reprodução da dominação que queremos destruir.

A 7 de Abril de 2015 é detida a companheira Natalia Collado (Tato), acusada de deitar fogo a um autocarro da Transantiago, rota 210, na comuna de Estação Central. A detenção foi realizada com a colaboração delatora do motorista do ônibus que não hesitou em se pôr do lado da polícia e da empresa de autocarros, prestando declarações que constituem hoje uma das principais “provas” com que contam o Ministério Público e xs queixosos.

Hoje, a nossa companheira arrisca uma “pena” de 4 anos e 1 dia de prisão, tendo sido processada sob a lei de controlo de armas por uso de dispositivo incendiário.

Durante estes dias de julgamento contra a compa [começados a 6 de Maio], queremos abraçar uma vez mais o valor, coerência e temperança que Tato demonstrou durante este ano de encarceramento. Não podemos deixar de sentir amor, confiança, cumplicidade e orgulho na posição fortemente anti-autoritária que sustentou atrás dos muros e de cada vez que foi necessária.

Sabemos que nenhuma punição irá dobrar a sua força interior porque esta é forjada no calor de suas convicções e sentimentos mais profundos.

Força indomável contra todos, tudo, toda a autoridade !!!

Tato na rua ou onde queira … quando queira, sózinha ou com quem queira!!!

This entry was posted in Chile, Guerra Social, presxs, Solidariedade. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *