[ESPANHA] BARCELONA: UMA DETIDA E REGISTROS EM OKUPAS EM RELAÇÃO A ASSALTOS A BANCOS ALEMÃES

Recebido no email:

blokes

No contexto atual de endurecimento da legislação em todos os níveis e do aumento da repressão policial contra os movimentos sociais; no âmbito do processo de blindagem do Estado contra qualquer tentativa de questioná-lo e em meio à campanha midiática, policial e política para aterrorizar as pessoas com ameaças de terrorismo¹, ontem, quarta-feira, 13 DE ABRIL,
desde as 5 horas da madrugada, forças repressivas do Estado têm
protagonizado o mais recente ataque contra a dissidência.

Houve registros no Centro Social Okupado Blokes Fantasma, no bairro da Salut, em um domicílio na rua Ros de Olano da Vila de Gràcia e em uma casa na rua Agudells, em Carmel, onde levaram detida uma pessoa que foi transferida para a delegacia de polícia de Les Corts, à espera de seu advogado para conhecer as acusações contra ela, desconhecidas até agora [ontem].

A operação está sendo coordenada pelo Tribunal Central de Instrução 3 da Audiência Nacional espanhola e, de acordo com uma nota emitida pelo departamento de comunicação da Polícia da Catalunha logo após o início da operação, responde a uma carta rogatória tramitada desde um tribunal da Alemanha.
Mas vindo de onde vem a ordem, seja qual for a desculpa, não nos enganam sobre suas intenções:
O que eles querem é normalizar estas práticas totalitárias, querem que nos acostumemos que arrebentem a porta de casa com qualquer desculpa, querem que não nos surpreenda de ver a cidade militarizada, com ruas fechadas e encapuzados com fuzis nas mãos. Querem que tenhamos medo e que calemos o que sabemos e o que pensamos.
Não podemos permitir isso, já nos tomaram tudo, só podemos perder o medo e ir para as ruas, e não esqueçamos: elas sempre foram nossas!
Os únicos terroristas que temos visto são do Estado capitalista e seus mercenários (Juízes / Juízas, Mossos d’Esquadra [polícia catalã] e outros).

Nem domesticados, Nem amordaçados. SOLIDARIEDADE REBELDE!

_HIEDRA NEGRA, ASAMBLEA LIBERTARIA DE VALLCARCA_

“Que é roubar um banco comparado a fundar um?” Bertold Brecht

[1] Recordamos que, simultaneamente, em todo o Estado está acontecendo a quarta fase da Operação Araña (nas fases anteriores, em 2015 e 2016, detiveram até 56 pessoas), onde detiveram pelo menos 7 pessoas por expressar seus pontos de vista em redes sociais. Outro exemplo do brutal corte de liberdade que vivemos atualmente.

This entry was posted in Espanha. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *