[Argentina] Confira a programação completa da Feira do Livro e Difusão Anarquista de Buenos Aires

afichefbsa

Mandado ao email:

O estacionamento da Faculdade de Ciências Sociais da UBA (Marcelo T. deAlvear 2230) recebe neste fim de semana (6 e 7 de dezembro) a Feira doLivro e Difusão Anarquista de Buenos Aires. O evento reúne palestras,debates, literatura, música, dança, teatro e cinema. Confira abaixo aprogramação completa.

 Sábado, dia 6:   

• 12h – Abertura da Feira, as metas coletivas comuns.  

• 13h – Encontro de editoras anarquistas. 

• 14h – Encontro de tradutores de material de difusão anarquista. 

• 14h30 – Apresentação do livro “Anarquismo en movimiento”, por Martín Albornoz (Livros de Anarres).

• 15h – Apresentação do livro “La peste, la bestia y el monstruo”, por Aníbal D’Auria (Livros de Anarres).

• 15h30 – Rebelión.

• 16h – Flores Negras (Butô).

• 16h15 – Apresentação do livro “En ese sitio maldito donde reina la tristeza” (Assembleia Anti-especista de Madri).

• 17h – Apresentação do livro “La Cerda Punk” e palestra sobre feminismoanarquista.

• 18h – Lutas Anarquistas em Tucuman.

• 18h30 – Apresentação do livro “Historias y relatos en torno a las luchas sociales de los anarquistas en el movimiento obrero”, por O. Torrado.

• 19h30 – “Tras la Cresta de La Ola”, (Editorial L’Anomie) apresentaçãodo livro e palestra-debate.

• 20h30 – Apresentação do livro “Viva la Dinamita”, por Marc Viaplana.

• 21-23h – Intervento.

Domingo, dia 7:

• 10h – Oficina de dança Butô.

• 12h – Encontro de Bibliotecas anarquistas.

• 13h – Encontro de Espaços anarquistas. 

• 14h – Apresentação de brochuras de casos de presos políticos em território chileno.  

• 14h30 – “Histórias e palavras de apoio para esta luta pelos companheirxs anônimxs. Procurando que viva a anarquia”.

• 15h – Devastação/horizontalidade na Luta pela Terra.  

• 16h – Reflexão: “As categorias clássicas do pensamento emancipador permanecem intactas?”, por Hernún.

• 17h – Obra de teatro “El juicio”, de Emile Henry.

• 17h15 – Apresentação do livro “Siglo y Medio de Anarquismo”, por Osvaldo Escribano.

• 18h – Apresentação do livreto “Mundo Mundial Mundalizado”.

• 18h30 – Fórum: Atualização da situação anarquista no Cone Sul.

• 20h – FAAC de Police: o caso de Bruno Schell e trabalho sobre desaparecidos na democracia. 

• 20h30 – “Nunca Digas Nunca”: um documentário sobre desaparecidos na democracia.

• 22h – O fogo e a palavra Rap.

• 22h30 – Fechamento. 

fdlabsas.noblogs.org

 

 

This entry was posted in Argentina, Eventos, Guerra Social. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *